<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15148318\x26blogName\x3dAl%C3%A9m+das+palavras\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dTAN\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://alemdaspalavras.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://alemdaspalavras.blogspot.com/\x26vt\x3d-5072122790680835150', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, setembro 28





Por favor, não me analise

Não fique procurando cada ponto fraco meu

Se ninguém resiste a uma análise

profunda, quanto mais eu!

Ciumenta, exigente, insegura, carente

toda cheia de marcas que a vida deixou:

Veja em cada exigência

um grito de carência,

um pedido de amor!

Amor, amor é síntese, uma integração de dados:

não há que tirar nem pôr.

Não me corte em fatias,

(ninguém abraça um pedaço),

me envolva toda em seus braços

E eu serei perfeita, amor!



("Bom dia amor!", Mirthes Mathias, Juerp, 1990)





PS: Sempre que vasculho os poemas na net me preocupo muito em pesquisar também a autoria dos mesmos, pois quero distância dos textos apócrifos.


O poema postado acima atribuíram ao Quintana, mas acabei descobrindo que não é aqui neste blog>> http://emiliopacheco.blogspot.com/2006/07/os-falsos-quintanas.html

O poema é de Mirthes Mathias. Não conheço suas obras, mas vou dar uma pesquisada. Pra quem gosta de poemas, poesias, vai essa dica. ;P






























sábado, setembro 22













Pessoas lindas,





Nem sei por onde começar! A criatura ingrata aqui abandonou o seu cantinho, não deu sinal de vida nos blog's dos amigos e, ainda assim, ao retornar, se depara com dez comentários sobre a sua última postagem - vale ressaltar que a mesma ocorreu há três meses. Eu nem sei o que falar. Só posso dizer que estava precisando muito disso. Eu já estava sentindo aquela vontade de retornar, mas agora tomei uma injeção de ânimo, graças a vocês!




Passei por uma fase tão chata que nem vale a pena comentar. Aqui eu gosto de falar do que é bom, do que me faz bem. A vida já se encarrega de nos proporcionar momentos complicados, então pra quê passar isso adiante, não é mesmo?! Por isso prefiro me recolher.. O passado não apagamos, mas quando vivemos apenas o presente, tudo se torna mais fácil e conseguimos exorcizar alguns fantasmas que rondam nosso dia a dia.




Sem o propósito de ler sobre o assunto, estava eu navegando na net quando me deparei com esse texto da Revista Bons Fluidos, e não resisti em colar o link.








Então é isso. Estou de volta, cheia de vontade!


PS: Nilza, não havia acordado do São João. Acordei agora.. rsrs


Acabei de ler o blog da Luma, postagem de 20.12 (http://luzdeluma.blogspot.com/search/label/21%20de%20Setembro) e fiquei indignada com o caso da ANA VIRGÍNIA MORAES SARDINHA. Sugiro que vocês dêem uma lida.